08/08/12

Asa de avião com falha tem mensagem bizarra: 'Nós Sabemos Disto'


Asa de avião com falha tem mensagem bizarra: 'Nós Sabemos Disto' 


 Pode parecer um truque para assustar passageiros, mas não é: a equipe de manutenção da Alaska Airlines, que cuidava de um Boeing 737, escreveu “Nós Sabemos Disto” numa falha da asa. 

Então eles deixaram o avião levantar voo. Imagine ser um passageiro no avião e notar a mensagem – e o pedaço de asa faltando – enquanto você está a milhares de metros de altura. O avião conseguiu voar tranquilamente, mas eu ficaria me perguntando quais outras partes no avião estariam marcadas com “nós sabemos disto”, e iria surtar. 

 A mensagem poderia ter sido uma forma de acalmar os passageiros, mas um suposto funcionário da Delta Airlines diz no Reddit que ela serve para reduzir a papelada da equipe de manutenção: Eu trabalho para a Delta na área de operações. Esta mensagem é para a equipe em terra que recebe a aeronave na chegada: eles são obrigados a inspecioná-la e documentar quaisquer danos encontrados nela. 

Marcar danos aparentes evita relatórios em cada estação onde a aeronave chega. 

A Delta não segue esta prática e fazemos, de forma ineficiente, um relatório dezenas de vezes para danos que já foram documentados, criando e-mails e trabalho redundantes e desnecessários. 

 No mesmo tópico, um suposto mecânico de aviões militares confirma o pesadelo da papelada de manutenção: Eu nunca trabalhei com aviões civis, mas trabalhei com aeronaves F-16 e A-10. Nós tínhamos tanta papelada para aviões que tínhamos um relatório especial onde ela ficava até haver tempo hábil o suficiente. Sem mencionar a pilha de documentos sobre coisas que estão atualmente “em andamento”. Então você tem o mapa das pás do motor, o mapa dos chanfros (para a asa/fuselagem/cauda) e eu tenho certeza de que estou esquecendo de mais alguma coisa.

 A maioria dessas mensagens na fuselagem talvez passe despercebida pelos passageiros, mas não desta vez. 



A Alaska Airlines se desculpou diversas vezes no Twitter, admitiu que a mensagem era “inadequada” e dizem “fazer um acompanhamento” com funcionários e passageiros para descobrir o que aconteceu. Esta parece ser uma prática disseminada e comum – a diferença é que, desta vez, alguém capturou isto numa foto.


 Fonte: Reddit via FlightGlobal ; Jesus Diaz (Gizmodo)Via:desastresaereosnews.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar e enviar seu comentário

Voar News Agradece pela sua participação

Loading...