14/12/13

FX2 - Au Revoir Rafale : Dilma diz a François Hollande que o Brasil não comprará caças da França



Au Revoir Rafale - F-X2: Dilma diz a François Hollande que o Brasil não comprará caças da França

VOAR NEWS


 jornal Le Monde chama Rafale de ‘invendável’

 MATÉRIA DO JORNAL FRANCÊS TRATA DA VISITA DO PRESIDENTE FRANÇOIS HOLLANDE AO BRASIL, QUE ENTRE OUTROS ASSUNTOS VEIO PROMOVER O CAÇA RAFALE. JORNAL COMPARA ENTUSIASMO SEGUIDO DE FRUSTRAÇÃO, NO CASO BRASILEIRO, COM O ‘CONTRATO DO SÉCULO’ DA ÍNDIA, QUE AINDA AGUARDA SER ASSINADO 


 “Au Brésil, Hollande plaidera pour le Rafale, l’avion invendable”. Em português, “no Brasil, Hollande promove o Rafale, o avião invendável”. 

Foi com um título ácido assim que começa uma reportagem publicada ontem e atualizada hoje, 13 de dezembro, do jornal francês Le Monde. 

 Au revoir – A Presidente Dilma Rousseff disse nesta semana ao presidente François Hollande que o Brasil não comprará da França os 36 caças do programa FX-2, da Aeronáutica. 

O entrave para a aquisição do Rafale, fabricado por um consórico liderado pela francesa Dassault, é o preço: ele custaria o dobro dos concorrentes ( F/A-18 Super Hornet, da norte-americana Boeing, e o sueco Gripen-NG) . Na expectativa de selar o negócio, Hollande trouxe o presidente da Dassault, Éric Trappier, em sua visita ao Brasil. 

 Sinais trocados – Surpresos, auxiliares relatam que Dilma deixara no ar que poderia decidir pelos franceses, pois acompanhou Hollande em dois eventos no Brasil, contrariando seu estilo.

 Mas, nas palavras de um deles, era um “gesto de consolação”. 

 Finesse – Apesar do contratempo comercial, Hollande foi cavalheiro com a brasileira: ela tropeçou ao descer uma escada ontem na Fiesp, em São Paulo, e só não caiu porque o francês a amparou.

 FONTE: Folha de São Paulo (coluna Painel, de Vera Magalhães)-VIA: Poder Aéreo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar e enviar seu comentário

Voar News Agradece pela sua participação

Loading...