17/12/13

SEGURANÇA DE VOO - Alerta de bomba em voo Caracas-Paris era falso


Alerta de bomba em voo Caracas-Paris era falso 

[foto:www.presstv.ir]


 Autoridades francesas avisaram venezuelanos da suspeita de ataque. 
 Ministro da Venezuela disse que detonação poderia ser feita em pleno voo. 
[passageiros em frente ao balcão da Air France após o  voo ter sido cancelado, por ameaça de bomba a bordo - foto:www.ctvnews.ca]

 O Governo da Venezuela impediu neste sábado (14) a decolagem de um avião da Air France e o submeteu a uma revista "milimétrica", após ser avisado pelas autoridades francesas de uma ameaça de bomba de um grupo terrorista. "Presume-se que seria colocado um explosivo em um avião para detoná-lo em pleno voo Caracas-Paris ou Paris-Caracas", disse o ministro do Interior venezuelano, general Miguel Rodríguez, em uma ligação telefônica à emissora 'VTV' da televisão estatal de seu país.

 Rodríguez disse que o Serviço Bolivariano de Inteligência (SBI) foi informado a respeito pelos "serviços de inteligência de unidades antiterroristas da França", os quais "estão processando a informação". O voo 385 da Air France com destino a Paris devia decolar do aeroporto que serve a Caracas às 19h27 (horário local, 21h57 de Brasília), mas a essa mesma hora o ministro informou da ameaça à 'VTV'. 

 O ministro acrescentou que uma equipe especial de 67 funcionários da divisão de antiexplosivos do SBI reforçou a unidade que opera regularmente no aeroporto que serve a Caracas e todos efetuam "uma inspeção milimétrica" da aeronave. 

 ALERTA FALSO 

 A advertência da presença de uma bomba em um voo da Air France que decolaria no sábado de Caracas com destino a Paris era um "alerta falso", informou o aeroporto de Maiquetìa, na capital venezuelana. "Alerta falso de bomba no voo 385 da AirFrance Caracas-Paris. Saída reprogramada para este domingo, passageiros protegidos com alojamento", informou o termina aéreo em sua conta oficial no Twitter. Na noite de sábado, o ministro do Interior e da Justiça da Venezuela, Miguel Rodríguez Torres, informou que as autoridades francesas alertaram sobre uma possível bomba no avião. "Recebemos a informação do serviço de inteligência da França. 

Se presume que um explosivo seria colocado para detoná-lo em pleno voo Caracas-Paris ou Paris-Caracas", afirmou. 

 Em Paris, o porta-voz do ministério do Interior confirmou  que "os serviços de segurança franceses receberam informações sobre uma ameaça ao voo Caracas-Paris e que por precaução alertaram as autoridades venezuelanas". Oficiais da unidade antiterrorista do Serviço de Inteligência venezuelano fizeram uma revisão da aeronave e do terminal aéreo.  

Fonte: AFP via Terra - Foto: AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar e enviar seu comentário

Voar News Agradece pela sua participação

Loading...