28/12/12

Ministério da Justiça notifica Gol por remarcações de voos da Webjet


Ministério da Justiça notifica Gol por remarcações de voos da Webjet 

[foto:midianews.com.br]

Por Leticia Casado | Valor 

 SÃO PAULO - O Ministério da Justiça notificou a companhia aérea Gol para que a empresa garanta aos passageiros da Webjet o direito de remarcação e cancelamento dos bilhetes sem a cobrança de taxa adicional, multa ou diferença tarifária, informou o órgão em nota divulgada em sua página na internet. 

 Segundo o ministério, a recomendação, feita pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), segue as normas da legislação de defesa do consumidor e a regulamentação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). “A empresa deverá informar à Secretaria, em até dez dias, como foram reacomodados os passageiros que possuíam passagens da Webjet, bem como apresentar o plano de reacomodação para os voos ainda não realizados”, informa a nota do ministério. 

 Em nota, a Gol informou que já recebeu a notificação e fornecerá todos os dados solicitados. No dia 21 de dezembro, a Anac já havia demonstrado preocupação semelhante e informou que se comprovada a cobrança, a Gol pode ser multada entre R$ 4 mil e R$ 10 mil por passageiro, em razão do descumprimento da resolução 141/2010. 

 No fim de novembro, a companhia anunciou o encerramento das operações da Webjet, demitindo 850 funcionários. Na ocasião, a companhia ressaltou que todos os passageiros teriam os voos garantidos. 

A Gol concluiu a compra da Webjet em outubro de 2011 por R$ 70 milhões.


Fonte:Valor Econômico-reportagem de :Leticia Casado | Valor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar e enviar seu comentário

Voar News Agradece pela sua participação

Loading...