02/03/13

ECONOMIA - Cortes de gastos nos EUA podem deixar no chão o maior show Aéreo da América



Cortes de gastos nos EUA podem deixar no chão o maior show Aéreo da América 



Devido aos cortes anunciados nesta Sexta-Feira(01) os Blue Angels da US NAVY  (Marinha dos EUA), poderão ficar impedidos de voar.

 (Reuters) - O piloto Dave Tickle que faz parte da equipe dos Blue Angels  disse que está focado em praticar manobras para um próximo show na Califórnia, em vez de se preocupar com  os recentes cortes de gastos federais que pederão ameaçar  as performances deste ano do renomado esquadrão da Marinha dos EUA em seus voo de demonstração. 

 Com US $ 85 bilhões em cortes automáticos, que foram anunciados nesta  sexta-feira (01), milhões de fãs em todo o país provavelmente irão deixar de assistir aos shows aéreos de voos de precisão emocionantes deste ano ,feitos pela equipe dos Blue Angels . 

Os  Blue Angels que  divulgam seus shows em mais de duas dezenas de cidades entre abril e setembro deverão agora anunciar seu cancelamento , como parte dos cortes, disse a porta-voz da equipe, tenente Katie Kelly. Alguns shows com os Blue Angels já foram cancelados em face as incertezas do orçamento.

 O cancelamento seria uma perda sentimental para os fãs, mas não tão grave como outras reduções nos gastos de defesa, que o presidente Barack Obama disse que poderia ameaçar a prontidão da Marinha. O Departamento de Defesa disse que os cortes afetariam  navios e  a manutenção das aeronaves, reduzindo a formação e o treinamento o que  resultará em uma  licença por 22 dias sem vencimento de mais de 800.000 funcionários civis do Pentágono . 

  A notícia entristeceu os milhares de fãs de longa data, os prefeitos de diversas cidades decepcionados resolveram enviar uma petição online para a Casa Branca para salvar temporada os Blue Angels. Cerca de 1.200 pessoas já tinham assinado a partir de Quinta-Feira. "Eles são um ícone americano, e eles realmente tem grande influência principalmente nas cidades onde existem bases militares ", disse Ashton Hayward, prefeito de Pensacola, na Flórida, Base da Estação aeronaval  onde os Blue Angels são baseados.

  A praia de Pensacola onde os Blue Angels fazem suas demonstrações e manobras aéreas tem uma enorme elevação e injeção de capital, da ordem de  US $ 2,5 milhões na economia local, de acordo com um estudo de 2012. "As pessoas planejam suas viagens em família anuais em torno dos shows e, o impacto capital sobre as empresas é fenomenal", disse Hayward. "O show de despedida dos Blue Angels será uma tristeza para toda a comunidade, vai ser um dia triste, triste  não apenas para  nós, mas para milhões de pessoas em todo o país." 

 SHOWS CANCELADOS 

Os shows que estavam previstos para maio na Base Aérea de Seymour Johnson , na Carolina do Norte e, para junho em Indianápolis, já foram cancelados,anunciaram nas últimas semanas os organizadores e autoridades da Força Aérea dos EUA . 

 A Força Aérea informou também que os recentes cortes afetarão sua equipe de demonstração aérea os "Thunderbirds" . Os cortes no orçamento afetarão as cidades de Seattle a North Kingstown, Rhode Island, onde a Rhode Island National Guard Air Show atrai milhares de visitantes para a pequena cidade a cada ano.

Os show da que ocorriam na Base Aérea da cidade Quonset foram  fechado em 1970, mas um sentimento de orgulho militar ainda é profundo entre seus moradores. Perder os Blue Angels no final de junho seria um golpe enorme para o show , disse Elizabeth Dolan, presidente do conselho da cidade North Kingstown . "Todo mundo olha para a frente quando eles vêm", disse ela. "Eles voam até a minha casa, e é incrível e emocional para assistir." 



 O programa Blue Anjos começou em 1946 e custa cerca de $ 40 milhões por ano.

 Cancelar a maior parte da temporada  economizaria cerca de US $ 28 milhões, de acordo com oficiais da Marinha. Devido ao calendário dos cortes, os  Blue Angels ainda  realizarão um show aéreo  em Março, no "El Centro Air Show", no sul da Califórnia e um show aéreo no espetacular no extremo Sul em Key West, Florida. 

 A equipe de 130 pessoas, que inclui sete pilotos, é composto por membros que serviram  no Iraque e no Afeganistão. Caso os cortes no orçamento entrem em vigor, a equipe seria transferida até que haja dinheiro suficiente para eles subirem aos  o céu novamente, disse Supple . Tikle, um veterano de 32 anos de idade, de Birmingham, Alabama, disse que se inspirou para se tornar um piloto perito naval depois de assistir performances dos Blue Angels  durante as férias da família em Pensacola, quando ele era criança. Ele agora é um tenente-comandante da Marinha e líder dos Blue Angels  . "Lembro-me olhando para estas aeronaves sua precisão seu brilho azul e ouro  pensando, 'eu quero fazer aquilo." Isso me deu uma sensação de espanto e orgulho ", disse ele.



[VÍDEO:Enviado em 14/05/2008 - por:Calbear94/via Youtube.com]



 (Edição por Colleen Jenkins e Nick Zieminski)Tradução e adaptação de texto Voar News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar e enviar seu comentário

Voar News Agradece pela sua participação

Loading...