09/07/2012

Tarifa média de voos domésticos cai 6,8% em 2011, aponta ANAC


Tarifa média de voos domésticos cai 6,8% em 2011, aponta ANAC



 O preço médio da tarifa de voos domésticos em 2011 ficou em R$ 276,25, de acordo com relatório divulgado hoje pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). 


O valor é 6,8% menor do que o apurado no ano anterior, quando a média foi de R$ 296,33.  

Em dezembro de 2011, o valor médio pago pelo passageiro por uma viagem aérea no território nacional foi de R$ 316,28.

 Este preço representa uma queda de 0,15% ao de igual mês de 2010. A ANAC registrou uma redução de 2,35% entre o valor médio da passagem em dezembro, na comparação com novembro do mesmo ano.

 Segundo a agência, o número apurado em dezembro de 2011 representa menos da metade do valor pago pelo passageiro há nove anos. 

 Segundo a agência, o valor médio que os passageiros pagam para voar um quilômetro dentro do território nacional, chamado de “Yield Tarifa Aérea Média Doméstica”, foi de R$ 0,3493 em 2011. 

Houve uma queda de 10,3% na comparação com o R$ 0,3895 apurado no ano anterior. 

 O valor médio pago para voar um quilômetro dentro do Brasil foi de R$ 0,3811 em dezembro de 2011, valor 0,33% menor do que o mesmo mês de 2010 e 5,97% inferior em relação a novembro.

 A agência ressaltou que, quando comparado com dezembro de 2002, o passageiro pagou aproximadamente 36% - praticamente um terço - do que tinha que desembolsar há nove anos para voar a mesma distância. 

 Os valores das passagens são apurados mensalmente pela ANAC e atualizados pelo IPCA.

 São considerados os bilhetes destinados a adultos, independentemente de escalas ou conexões, da antecedência de compra do bilhete, do dia do voo, do tempo de permanência no destino e do canal de venda. 

 A agência não considera as passagens oferecidas gratuitamente, os decorrentes de programas de fidelização (milhagem), os vinculados a pacotes turísticos, as tarifas corporativas, as tarifas oferecidas a empregados de empresas aéreas e as cobradas para crianças.


Fonte:Valor Econômico-Por: (Rafael Bitencourt | Valor)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar e enviar seu comentário

Voar News Agradece pela sua participação

Loading...