04/06/2012

Cadete da Força Aérea morre ao ser ejetado do avião em Pirassununga


Cadete da Força Aérea morre ao ser ejetado do avião em Pirassununga





 Vítima se preparava para decolagem na pista, dentro da aeronave. 

 Acidente ocorreu na manhã desta segunda-feira(04/06/2012), dentro da AFA. 


 Um cadete da Academia da Força Aérea (AFA) de Pirassununga (SP) morreu ao ser ejetado do assento de um avião modelo Tucano T-27, na manhã desta segunda-feira (4).

 Segundo nota divulgada pelo chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica em Brasília (DF), brigadeiro do ar Marcelo Kanitz Damasceno, o acidente ocorreu às 7h05 enquanto o cadete estava dentro da aeronave, próximo à cabeceira da pista, preparando-se para uma decolagem de treinamento. 

A vítima foi socorrida ainda com vida até o hospital da AFA, mas não resistiu aos ferimentos. Ainda de acordo com a nota, o comando da aeronáutica já iniciou as investigações para apurar os possíveis fatores que contribuíram para o acidente. 

O cadete tinha 22 anos, era de Brasília e tinha 100 horas de voo. Ele estava na academia desde 2009 e cursava o último ano do curso de Formação de Oficiais Aviadores.


 Tucano T-27 


O Tucano T-27 é um avião turbohélice de treinamento e ataque leve. A aeronave, que é utilizada pela Esquadrilha da Fumaça da Força Aérea Brasileira, é fabricada no Brasil e é capaz de alcançar 500 quilômetros por hora. O avião possui um sistema de ejeção com 12 explosivos. 


Piloto da AFA mostra o funcionamento do sistema de ejeção da aeronave (Foto: Reprodução/EPTV)
Piloto da AFA mostra o funcionamento do sistema de ejeção da aeronave (Foto: Reprodução/EPTV)

Segue Abaixo Nota Oficial da Aeronáutica


 O Comando da Aeronáutica lamenta informar que, nesta segunda-feira (04/06), às 07h05, ocorreu um acidente com uma aeronave T-27 Tucano da Força Aérea Brasileira na Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP). 


No acidente faleceu o Cadete Aviador André Rodrigues Silva. 


 O acidente ocorreu próximo da cabeceira da pista de decolagem, no início de uma missão de treinamento. O Comando da Aeronáutica já iniciou as investigações para apurar os possíveis fatores que contribuíram para o acidente. Brasília, 04 de junho de 2012.

 Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica.


Fonte:G1.com;CAVOK
Foto:guiarioclaro e EPTV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar e enviar seu comentário

Voar News Agradece pela sua participação

Loading...