22/11/13

DEFESA & TECNOLOGIA - Voa o primeiro EC725 completamente produzido no Brasil, pela Helibras


Voa o primeiro EC725 completamente produzido no Brasil, pela Helibras


[foto:Helibras - via:G1.com]

 AERONAVE BRA17, DESTINADA À MARINHA DO BRASIL, VOOU DOIS MESES ANTES DO PRAZO PREVISTO E INAUGURA TERCEIRA ETAPA DE NACIONALIZAÇÃO DO PROGRAMA EC725 

EC725 BRA 17 em voo - foto Helibras
[foto:Helibras - via:Poder Aéreo]

 Na quinta-feira, 21 de novembro, a Helibras realizou em sua fábrica em Itajubá (MG) o primeiro voo de uma unidade do EC725 completamente produzida na empresa, no Brasil.

 O voo aconteceu dois meses antes do prazo previsto pelo cronograma de atividades do projeto EC725 . 

 O BRA 17 inaugura a terceira etapa de nacionalização do programa recebendo também no país itens de pré-equipagem, equipagem elétrica e mecânica e a instalação dos pacotes de missão. 

Outras sete aeronaves que já estão na linha de produção em Itajubá também passarão por este processo. Antes, os EC725 já recebiam no país a cablagem, sistemas eletrônicos, caixa de transmissão, rotor e toda a configuração básica. 

 Destinada à Marinha, o primeiro voo dessa unidade aconteceu na presença do almirante de esquadra Luiz Fernando Palmer Fonseca, comandante de Operacões Navais, vice almirante Sergio Roberto Fernandes dos Santos, comandante em chefe da Esquadra, contra-almirante Carlos Alberto Matias, comandante da Forca Aeronaval e integrantes do GAC Helibras. A previsão é de que o helicóptero esteja pronto para entrega no segundo semestre de 2014.

 O programa de compra do EC725 para as Forças Armadas é resultado de um contrato assinado entre o consórcio Helibras/Eurocopter e o Ministério da Defesa, para aquisição de 50 novos helicópteros deste modelo para Marinha, Exército e FAB com a condição da transferência de tecnologia e conhecimento necessários para a fabricação das aeronaves no Brasil e que até a última unidade, ao final do contrato, em 2017, esses helicópteros tenham incorporado 50% de conteúdo nacional. 

 Foram investidos R$ 420 milhões para a construção de um novo hangar que abrigasse a linha de montagem do EC725, além de adequações físicas na empresa, como um novo banco de testes, cabine de pintura e obras relacionadas a expansão. 

O valor também contemplou o treinamento de funcionários brasileiros na Eurocopter, na França e a vinda de técnicos estrangeiros ao Brasil para acompanhar a implantação da nova linha no país. Até o momento, foram entregues oito helicópteros EC725. 


 FONTE / FOTO (F. Christ): Helibras -Via:Poder Aéreo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar e enviar seu comentário

Voar News Agradece pela sua participação

Loading...