09/09/12

Programa Learjet 75 da Bombardier avança mais uma etapa


Programa Learjet 75 da Bombardier avança mais uma etapa 



O Learjet 75, novo avião da Bombardier Jatos Executivos, obteve êxito no primeiro teste de seu sistema elétrico, cumprindo mais uma vez o cronograma. 


O acionamento da força agendado para acontecer no final de agosto também ativou com sucesso o Vision Flight Deck da aeronave, que está sendo montada na fábrica de Wichita, nos EUA. De acordo com o programa, o novo Learjet 75 deve entrar em serviço em 2013.



 “É uma conquista que destaca o enorme esforço de cada pessoa envolvida neste projeto”, disse Ralph Acs, vice presidente e gerente geral da família Learjet da Bombardier Jatos Executivos. “É mais um passo para nossa família Learjet, que em breve integrará o Learjet 75 à nossa cadeia de produção.

 O mais importante é que nosso primeiro Learjet 75 terá um papel de destaque no nosso programa de certificação”, acrescentou o vice-presidente. “Vimos grandes mudanças no aproveitamento de fiação para acomodar os aviônicos Garmin, o coração deste novo arranjo para o Vision Flight Deck”, completou Acs.

 Os testes dos aviões Learjet 70 e Learjet 75 estão em desenvolvimento. No total, serão cinco aviões de testes: um Learjet 40XR e um Learjet 45XR modificados estão voando com foco na certificação dos aviônicos; um Learjet 45XR modificado será usado primordialmente para sistemas de gerenciamento de interior e cabine. Um Learjet 45XR será modificado e utilizado para testar e validar melhorias de desempenho. O quinto avião é o primeiro Learjet 75 em produção. 



 O Vision Flight Deck é um divisor de águas na história da aviação executiva, já que coloca à disposição dos pilotos grandes avanços tecnológicos aliados a um design moderno.

 O sistema opera com quatro telas de LCD de 15”, que fornecem informações em tempo real e visão sintética, contando ainda com o sistema de posicionamento Garmin G5000 integrado. 



 O Learjet 70 tem autonomia de até duas mil milhas náuticas (3.790 Km) à velocidade de cruzeiro mach 0.75 (895 km/h). Com seis passageiros e dois tripulantes, poderá conectar Porto Alegre (RS) a Teresina (PI) ou São Paulo (SP) a Rio Branco (AC) sem escalas.




Fonte:Cavok/Videos:bombardiervideos;ebrabaek-via Youtube.com/Fotos:Cavok;chaunceystudios.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar e enviar seu comentário

Voar News Agradece pela sua participação

Loading...