18/01/13

BOEING - Boeing publica declaração sobre a ação da FAA


Boeing publica declaração sobre a ação da FAA em relação ao 787 Dreamliner 


Jim McNerney Boeing Company CEO Jim McNerney speaks before U.S. President Barack Obama gives a speech February 17, 2012 on the Boeing 787 Dreamliner assembly line in Everett, Washington. Obama's visit included a tour of the plant and fundraisers elsewhere in the Puget Sound.

 O presidente e CEO da Boeing, Jim McNerney, emitiu a seguinte declaração hoje, após a emissão de uma diretiva de aeronavegabilidade de emergência pela Agência Federal de Aviação dos EUA (FAA – Federal Aviation Administration) que exige que os operadores norte-americanos de 787 interrompam, temporariamente, as operações e recomenda que outras agências reguladoras sigam o exemplo. “A segurança dos passageiros e tripulantes que voam a bordo de aviões Boeing é a nossa maior prioridade.”

 “A Boeing está comprometida em apoiar a FAA e em encontrar respostas o mais rápido possível. A empresa está trabalhando dia e noite com seus clientes e com as diversas autoridades reguladoras e de investigação. Disponibilizaremos todos os recursos da The Boeing Company para ajudar.” 

 “Temos confiança na segurança do 787 e em sua total integridade. Tomaremos todas as medidas necessárias, nos próximos dias, para assegurar aos nossos clientes e aos passageiros, a segurança do 787 e para retomar a operação dos aviões.” 

 “A Boeing lamenta profundamente o impacto que os recentes acontecimentos tiveram sobre os cronogramas de operação de nossos clientes e a inconveniência para eles e seus passageiros.”

Fonte:Cavok

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar e enviar seu comentário

Voar News Agradece pela sua participação

Loading...