25/04/13

AÉREAS - POP BRASIL LINHAS AÉREAS mal levantou voo e já será autuada pela ANAC e PROCON



Antes de decolar, Pop é advertida pela Anac e vai ser notificada pelo Procon 


[foto:www.aeroin.net]


 Por Alberto Komatsu | De São Paulo 



Uma nova empresa aérea com promessa de passagens para voos domésticos e internacionais a partir de R$ 79 foi advertida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e será notificada pelo Procon antes mesmo de levantar o primeiro voo.

 É a Pop Brasil Linhas Aéreas, que estava anunciando passagens em seu site. 



O problema é que ela não tem autorização para fazer os voos que promete. Portanto, não poderia fazer publicidade das vendas dessas frequências. "Ela [Pop] foi oficiada pela Anac para que as vendas sejam encerradas. Caso não encerrem, a empresa pode ser autuada.

 Uma companhia aérea só pode iniciar a comercialização de passagens aéreas, tanto domésticas quanto internacionais, quando há hotran [horário de pouso e decolagem] aprovado", informou a Anac. 

Após receber ofício da Anac, a Pop mudou o site na terça-feira desta semana. Retirou o banner da promoção de passagens a partir de R$ 79, com início de operação em 25 de maio, mas manteve a oferta de rotas para trechos como São Paulo-Porto Seguro (R$ 149), Belo Horizonte-Natal (R$ 299) e Orlando-São Paulo (R$ 1.299).

 O proprietário da Pop, o empresário mineiro Paulo Almada, filho do ex-deputado federal Paulo Marcos Almada de Abreu (PMDB/MG), afirmou que se um consumidor simular uma compra de passagem ela não será concluída. "Para nós configura uma propaganda enganosa porque induz o consumidor a uma compra que não é concluída porque a empresa não tem autorização", afirmou o diretor de fiscalização do Procon-SP, Márcio Marcucci. 

Segundo ele, a Pop será notificada e será aberto um processo interno no Procon que poderá culminar em multa de até R$ 7 milhões. "Essa alegação [que a venda da passagem não é concluída] não exime a companhia da infração, por parte da Anac, pois registramos o anúncio das vendas abertas e a exploração do serviço sem estar autorizada.", disse a Anac. De 2009 a 2012, sete companhias aéreas tiveram suas concessões cassadas ou encerraram suas atividades, segundo levantamento da Anac. 

São elas :
  •  Platinum, 
  •  BRA, a Rico, 
  •  Skymaster, 
  •  Air Minas, 
  •  Beta e 
  •  Cruiser. 
 Segundo a agência, a Pop entrou com pedido para a certificação de empresa de transporte aéreo (ETA) no ano passado. 

A empresa só poderia iniciar a venda de passagens aéreas após obter os horários de pouso e decolagem, os chamados hotrans, que por sua vez podem ser solicitados somente após a obtenção da concessão (ETA). 

 Almada afirmou que a Pop Brasil é o novo nome fantasia da Whitejets, empresa de voos fretados, "por causa de uma troca de acionistas", na qual ele estaria assumindo o controle. 

Segundo ele, por isso, poderia haver a venda de passagens. "Não pode haver comercialização de passagens com um nome fantasia não registrado na Anac", afirmou a Anac. 

 A diretora do Sindicato Nacional dos Aeronautas, Graziella Baggio, diz que a Whitejets, com cerca de 150 funcionários, não deposita o FGTS há 19 meses. E o salário de março, acrescenta ela, está com 30 dias de atraso. Almada nega que as parcelas de FGTS estão em atraso e afirma que até o fim desta semana vai pagar os salários. Ele disse ter investido mais de R$ 5 milhões na empresa do "próprio bolso".



Fonte:Valor Econômico - por:Alberto Komatsu | De São Paulo 

2 comentários:

  1. A EMPRESA AEREA ANTES DE TER AUTORIZAÇAO DA ANAC PARA DAR INICIO AS SUA ATIVIDADES , JA ESTA ILUDINDO OS CLIENTES COM PROPAGANDA ENGANOSA , COM O SITE DE COMPRAS DA EMPRESA,ACHO QUE PRIMEIRO ELA DEVE QUITAR SEUS COMPROMISSOS PARA DEPOIS COMEÇAR ARRECADAR DINHEIRO COM A VENDA DE PASSAGENS

    ResponderExcluir
  2. A EMPRESA NÃO PAGA SALÁRIOS DESDE FEVEREIRO ASSIM COMO DIÁRIAS. NÃO DEPOSITA FGTS NEM PAGA OS PLANOS DE SAÚDE DOS FUNCIONÁRIOS. COMO A ANAC AUTORIZA O FUNCIONAMENTO DE EMPRESAS DESSE TIPO? NÃO SERIA O CASO DE UMA SERIA INSPEÇÃO POR PARTE DA ANAC E AUTORIDADES DO TRABALHO. CONHEÇO PESSOAS QUE ESTÃO NESSA EMPRESA PASSANDO SERIAS DIFICULDADES, ACREDITANDO EM PROMESSAS DESSE DEPUTADO E TRABALHANDO SOB COAÇÃO E AMEAÇA DE DESEMPREGO CASO NÃO ACEITEM ORDENS DE TRABALHAR E VOAR O TAL DO AIRBUS. COMEÇANDO ASSIM TEM ALGUM FUTURO????

    ResponderExcluir

Obrigado por participar e enviar seu comentário

Voar News Agradece pela sua participação

Loading...